17 de maio de 2006

Somewhere in Europe... Always in our hearts


Enfim... Que dizer dela?
Apesar de estar muitas vezes "amarrada", no dia desta foto estava totalmente solta....
Havia até quem andasse a percorrer todo o JUMENTODROMO na busca deste raro espécimem!!!
N´tene sôdadi di bô!

P.S. - Mas a casa de banho já está mais cheinha.... Espelhei tudo por todo o lado! Beijos Gaja!

3 comentários:

RAFEIRA disse...

ai jumys....

Pedro Moita disse...

O que dizer de ti?
Dá bem para ver a falta que por cá fazes...da alegria que genuinamente semeávas, do companheirismo que transmitias...enfim,jumys só há uma.
Obrigado amiga...

RAFEIRA disse...

Tens razão Moita... até eu que sou naturalmente alegre sinto que se apagou uma luzinha cá dentro. Estamos todos mesmo apagadinhos.

a minha maior pena, como disse à Jumys, é não nos termos encontrado há mais tempo. para mim, o que custa é o que ficou por viver. para vocês ainda pior que acordavam juntos naquela casa e tinham uma vida em comum.

enfim, tento sempre pensar, como canta a Maria Rita, que chegar e partir são dois lados da mesma viagem. estamos juntos, mas à distância.